top of page
Image by Emily Karakis

CICLOTURISMO COSTA DO SOL

Cicloturismo é a forma sustentável, prazerosa e ecologicamente correta de fazer turismo. O cicloturista pode percorrer longas distâncias de bicicleta e consegue acessar belezas que estão fora dos roteiros turísticos tradicionais. O cicloturismo proporciona uma maior interação com a natureza e com os aspectos da cultura dos lugares por onde passa.

O Maior Circuito do País abrangendo Serra e Mar

Lançado no dia 08 de maio de 2021, o CIRCUITO DE CICLOTURISMO COSTA DO SOL abrange 16 municípios do norte fluminense:  Armação dos Búzios, Cabo Frio, Arraial do Cabo, Maricá, Rio das Ostras, Macaé, Saquarema, Araruama, Iguaba Grande, Casimiro de Abreu, São Pedro da Aldeia, Quissamã, Carapebus, Conceição de Macabu, Trajano de Moraes e Silva Jardim. 

forte são mateus Cabo Frio
Image by Simon Barber

VARIEDADE

Com opções de trilhas por parques nacionais, reservas, praias, costões e lagunas, o Circuito de Cicloturismo Costa do Sol já soma mais de 700 kms de extensão, e novidades vão surgindo na medida em que pontos de interesse são adicionados.

Com um vasto patrimônio histórico, natural, cultural e geológico o circuito proporciona aos cicloturistas uma variedade de ricas e inesquecíveis experiências sensoriais.

Laguna Araruama

AVENTURA E DIVESÃO GARANTIDAS

Mountain bike, ciclismo, bodyboard, stand up, kitesurf, windsurf, canoa havaiana, surf, natação, passeios de barco, pesca oceânica e diversas outras modalidades esportivas são praticadas na região, que já é ponto de atração e encontro das diversas tribos dos esportes de aventura.

As águas cristalinas atraem mergulhadores, cientistas e adeptos da pesca submarina. Arraial do Cabo é conhecida como a Capital Brasileira do Mergulho, e atrai um número crescente de entusiastas da prática.

Trilhas
Esportes aquáticos
Kayak

GEOPARQUE COSTÕES E LAGUNAS

Também na área de abrangência da Costa do Sol está o projeto Geoparque Costões e Lagunas do Estado do Rio de Janeiro, que concorre a ser listado no programa Rede Global de Geoparques da UNESCO e compreende área com evolução geológica singular envolvendo mais de 2 bilhões de anos de história geológica e afloramentos que podem ser enquadrados em tipologias variadas. A equipe de pesquisadores desenvolveu 33 painéis interpretativos do Projeto Caminhos Ecológicos e 9 painéis do Caminhos de Darwin, que podem ser visualizados no mapa interativo mais abaixo.

CAMINHOS DE DARWIN
geoparque costões e lagunas

Clique na Imagem acima e acesse o site

Depois de deixar a Inglaterra em 27 de dezembro de 1831, o Beagle, barco no qual viajava Charles Darwin, chegou ao Brasil em fevereiro de 1832. Antes de aportar em Salvador, fez uma passagem rápida pelo arquipélago de Fernando de Noronha e, em 29 de fevereiro, chegou à capital baiana, onde ficou até 18 de março.

Em 5 de abril, chegou ao Rio de Janeiro. Neste ponto da viagem, Darwin ficou sozinho no Rio, pois o Beagle teve que retornar à Bahia para refazer algumas medições cartográficas. Darwin residiu, então, em Botafogo e fez pequenas expedições pela Floresta da Tijuca, Jardim Botânico, Penha e Gávea. Subiu o Corcovado e foi caçar na Fazenda dos Macacos – hoje, bairro de Vila Isabel. Visitou também o Museu Nacional – que naquela época chamava-se Museu Imperial e funcionava no Campo de Santana, Centro do Rio.

Darwin viajou pelo norte fluminense subindo a serra da Tiririca, em Niterói; passou por Maricá, Saquarema, Araruama, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio, Barra de São João, Macaé, Conceição de Macabu, Rio Bonito e Itaboraí. Em alguns desses lugares, pode-se ainda ver as mesmas construções e paisagens que o naturalista descreveu em seu diário de viagens

.

Em 2009, comemorando 200 anos do nascimento de Darwin, foram instalados 12 marcos por lugares onde ele passou. Nestes marcos estão indicadas frases escritas pelo naturalista sobre cada um dos pontos. Em 2017, foram implantados mais 4 marcos sobre geologia no Parque Estadual da Serra da Tiririca, desde Niterói até Maricá. Dois deles, localizados em Maricá, foram implantados no território do Geoparque Costões e Lagunas.

Fonte: Geoparque Costões e Lagunas

Refeição festiva

ECOTURISMO - CULTURA - GASTRONOMIA

O Parque Nacional Restinga de Jurubatiba é o primeiro do Brasil a compreender exclusivamente o ecossistema de restinga. O parque engloba a área de Macaé, 
Carapebus e Quissamã
e possui inúmeras trilhas, 44km de praias, 18 lagoas costeiras de muita beleza e grande interesse ecológico. A segunda maior lagoa de água doce do país, a Lagoa Feia, está localizada na área do parque. 

 

A Laguna de Araruama é o maior ecossistema lagunar hipersalino do mundo, e pode ser completamente circundada de bicicleta em um belíssimo passeio para descobrir seus recantos e encantos maravilhosos. As salinas e seus cataventos são marcos vivos da história da laguna. A criação e pesca do camarão abastece o Brasil e exterior. 

 

Saquarema é conhecida como a Capital Nacional do Surf. Em suas praias são disputados campeonatos nacionais e internacionais. É comum encontrar os grandes nomes do surf internacional treinando por lá.

As trilhas de mountain bike são inúmeras, com diversos roteiros para todo os níveis de praticantes. Do iniciante ao avançado, são encontradas trilhas e estradões que levam a lugares paradisíacos acessíveis pelos praticantes dos esportes de aventura.

 

Casimiro de Abreu é o portal de entrada para a Região Serrana e revela belezas indescritíveis a cada curva. As trilhas levam o visitante até rios e cachoeiras magníficas para um refrescante mergulho renovador. A gastronomia local desperta o paladar para provar novos sabores e deixar na memória aquele gostinho de "quero mais".

 

Cabo Frio apresenta um variado ecossistema e revela aos visitantes inúmeras possibilidades encantadoras. Para os amantes das trilhas, foi inaugurada a Trans Cabo Frio, um circuito com 53 kms de trilhas que integra o Circuito Brasileiro de Trilhas de Grande Percurso do Brasil. A belíssima Praia do Peró possui o certificado internacional Bandeira Azul, um rótulo ecológico de sustentabilidade que engloba a educação ambiental, qualidade da água, gestão 
ambiental e segurança.

 

Armação dos Búzios, o local que seduziu a atriz Brigite Bardot na década de 60, revela ao visitante seu charme e beleza irresistíveis. São 20 praias, gastronomia variada, trilhas, passeios de barco e inúmeras opções de diversão que encantam turistas de todo o mundo. As badaladas Rua das Pedras e Orla Bardot revelam um pouco das incontáveis belezas e atrativos de Búzios, que também oferece diversas opções de trilhas ecológicas. A imperdível Trilha das 
Emerências
é um dos locais que compõem o roteiro do XTERRA, importante prova que tem uma das etapas do calendário disputada em Búzios.

Em toda a Costa do Sol o visitante encontrará opções que encantam os sentidos. Uma rica agenda de eventos culturais e gastronomia regional e internacional que atende as exigências do paladar simples ao sofisticado.

Os diversos roteiros históricos, naturais e ecológicos proporcionam um leque de experiências inesquecíveis!

Venha se encantar com o Cicloturismo Costa do Sol.

Ecoturismo e Mobilidade Sustentável

bottom of page